Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Dezembro > Ajuste fiscal contribui para a aceleração da atividade econômica no curto prazo

Economia

Ajuste fiscal contribui para a aceleração da atividade econômica no curto prazo

POLÍTICA FISCAL

SPE divulgou nesta segunda-feira nota informativa que destaca as principais medidas fiscais adotadas em 2019
por publicado: 30/12/2019 20h23 última modificação: 31/12/2019 12h13

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME) publicou, nesta segunda-feira (30/12), a nota informativa “Consolidação fiscal expansionista no Brasil”. O texto que destaca as principais medidas fiscais adotadas em 2019, aponta que, além de essencial para o crescimento econômico no longo prazo, o equilíbrio fiscal e orçamentário contribui para a retomada da atividade econômica no curto prazo.

Para a SPE, a aprovação da Nova Previdência e o comprometimento com o Teto de Gastos foram fundamentais para a promoção da sustentabilidade fiscal. A PEC emergencial e PEC do Pacto Federativo apresentadas pelo governo também foram destacadas pelo texto, devido ao potencial em contribuir para o equilíbrio fiscal nos três níveis de governo nos próximos anos.

Segundo a nota, ao aumentarem a confiança na sustentabilidade das contas públicas, as medidas de consolidação fiscal levam à redução das taxas de juros e da tributação esperada no futuro, incentivando os gastos privados de investimento e consumo e elevando a taxa de crescimento do PIB.

Acesse a íntegra da nota “Consolidação fiscal expansionista no Brasil”