Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Agosto > Economia debate estratégia de atuação dos bancos internacionais de desenvolvimento no Brasil

Economia

Economia debate estratégia de atuação dos bancos internacionais de desenvolvimento no Brasil

Financiamentos

Objetivo é promover a alocação dos recursos em função das prioridades do país
por publicado: 23/08/2019 16h28 última modificação: 23/08/2019 16h28

A Secretaria de Assuntos Econômicos Internacionais do Ministério da Economia (Sain/ME) promoveu, nesta quinta-feira (22/08), em Brasília, reunião com representantes de seis instituições financeiras internacionais de desenvolvimento para debater a estratégia de atuação dos bancos multilaterais de desenvolvimento no Brasil. O objetivo é criar uma plataforma de relacionamento com estas instituições e tornar mais efetiva a alocação dos recursos em função das prioridades do país.

“A partir de uma estratégia integrada para os bancos multilaterais de desenvolvimento, vamos trabalhar com alvos ambiciosos, para alavancar o volume mobilizado para investimentos em infraestrutura, com foco no setor privado”, explicou o secretário da Sain, Erivaldo Alfredo Gomes. “Um cálculo preliminar indica que podemos alcançar até 80 bilhões de reais por ano em valores mobilizados a partir desses financiamentos internacionais”, acrescentou.

O secretário salientou, ainda, que o diálogo com as instituições financeiras internacionais é importante para resolver problemas de infraestrutura do país. Com mais parcerias entre os bancos, segundo ele, será possível escalar os investimentos e buscar soluções para a infraestrutura. “Não vamos deixar de fazer as operações tradicionais, mas precisamos de novas abordagens e soluções financeiras inovadoras”, ponderou Gomes.

Vocações

A parceria vai levar em conta as prioridades de investimentos do governo brasileiro. A contribuição dos bancos multilaterais vai ser feita a partir das características específicas dessas instituições.

A intenção é que elas trabalhem de forma complementar, criando sinergias e apresentando projetos de acordo com suas próprias vocações – operações oferecidas, público alvo, volume de operações etc – de modo a tornar sua atuação no Brasil mais efetiva e aderente às prioridades do governo.

A próxima reunião do grupo será realizada em setembro. No encontro, os bancos multilaterais de desenvolvimento deverão apresentar as primeiras informações de perfil institucional e de projetos que poderão ser financiados no âmbito da parceria com o Brasil.

22/08/2019 - Reunião SEAIN Organismos Internacionais