Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Março > Secretaria de Política Econômica apresenta balanço da conjuntura econômica do país

Economia

Secretaria de Política Econômica apresenta balanço da conjuntura econômica do país

Arrecadação

Evolução da massa salarial, verificada em fevereiro de 2019, explica parte da melhoria da arrecadação das Receitas Federais
por publicado: 21/03/2019 16h58 última modificação: 22/03/2019 08h44

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia participou nesta quinta-feira (21) da apresentação dos resultados de arrecadação das receitas federais para o mês de fevereiro de 2019, que teve um acréscimo real (IPCA) de 5,36%, totalizando o valor de R$ 115,062 bilhões. Após o anúncio feito pela equipe técnica da Receita Federal, o subsecretário de Política Fiscal da SPE, Marco Antônio Cavalcanti, e o coordenador de Política Fiscal da SPE, Bernardo Schettini, divulgaram uma análise da conjuntura econômica do país, dentro do contexto da arrecadação. 

De acordo com Cavalcanti, a economia brasileira está em processo gradativo de recuperação, mas com o setor produtivo ainda atuando em compasso de espera. "A evolução da massa salarial explica, em parte, o aumento verificado na arrecadação de imposto de renda no mês de fevereiro", analisou. O subsecretário informou também que o aumento da arrecadação do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) está relacionado à expansão do crédito, sobretudo para as famílias. "Para as empresas, o aumento do crédito não foi tão significativo, indicando que as corporações ainda estão aguardando para investir", explicou. 

Cavalcanti destacou que, desde o fim do terceiro trimestre de 2018, após o resultado das eleições, os indicadores de confiança do país começaram a mostrar recuperação. "No ano passado, diversos fatores derrubaram a confiança, como a greve dos caminhoneiros, a crise na Argentina, as incertezas em torno das eleições presidenciais, além da grave restrição fiscal do país", observou. 

Para o subsecretário, no atual contexto, com a superação das incertezas em torno da tramitação da Nova Previdência no Congresso Nacional, os índices de confiança deverão aumentar, gerando um ciclo virtuoso. "A produção automotiva já demonstra recuperação, a inflação está sob controle e as taxas de juros do país estão baixas. O mercado de trabalho também vem se recuperando, inclusive com a reversão do quadro de destruição de empregos formais ocorrida entre 2015 e 2016", frisou. 

Prisma Fiscal

Ainda na apresentação, o coordenador Benardo Schettini destacou que a Secretaria de Política Econômica produz o Prisma Fiscal - material que oferece, entre outros produtos, uma robusta compilação da visão dos analistas de mercado acerca da trajetória esperada da arrecadação federal. "O Prisma tem mais de 100 entidades cadastradas e conta com a contribuição de cerca de 70 analistas de mercado", ressaltou, lembrando que a arrecadação de fevereiro de 2019, prevista pelos analistas de mercado, ficou muito próxima da arrecadação efetiva. "O site do Prisma mostra boas previsões", finalizou.

Leia mais: Receita Federal arrecadou R$ 115.062 milhões em fevereiro