Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Fevereiro > Geeks participam de maratona para propor inovações em políticas públicas

Economia

Geeks participam de maratona para propor inovações em políticas públicas

Foco da iniciativa são projetos de aprimoramento de transferência de recursos, entrega de obras, bens e serviços para a população
por publicado: 21/02/2019 13h17 última modificação: 21/02/2019 15h57

A partir desta quinta-feira (21) – durante 19 horas ininterruptas – cerca de 100 geeks (fãs de tecnologia, eletrônica, etc) de todo o Brasil estão reunidos para pensar em soluções inovadoras de sistemas, processos, comunicação ou regras de negócios que possam ser aplicadas no setor público. O intuito é simplificar e dar transparência a iniciativas do Executivo Federal, principalmente nas áreas de transferência de recursos, entrega de obras, bens e serviços à sociedade.

Fãs da cultura geek e representantes do Executivo se reúnem em evento para propor inovações em políticas públicas por meio da tecnologia. Foto Gabriel Jabur/ME
Fãs da cultura geek e representantes do Executivo se reúnem em evento para propor inovações em políticas públicas por meio da tecnologia. Foto Gabriel Jabur/ME 
Veja mais fotos do evento

O formato é similar a um hackaton, maratona de programação de sistemas em que os participantes exploram dados abertos, desvendam códigos e sistemas lógicos, discutem novas ideias e desenvolvem projetos de hardware ou software. A medida faz parte do evento “Desafio + Brasil”, promovido pelo Ministério da Economia, em parceria com a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e apoio da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), do Ministério da Justiça e da Controladoria-Geral da União.

“Precisamos desburocratizar, dar transparência, controlar e capacitar as pessoas que vão utilizar os recursos públicos. Se fizermos isso de forma séria e rápida, os cidadãos – que são os verdadeiros usuários dos serviços públicos – vão perceber a diferença”, afirmou o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel. 

“Esse é um evento para debater, pensar, propor e, principalmente, superar o medo de inovar. O nosso desafio é desenvolver soluções para entregar obras, bens e serviços a todos os cidadãos que precisam”, enfatizou o presidente da CNM, Glademir Aroldi. 

O processo de avaliação, julgamento e premiação das propostas apresentadas pelos maratonistas será realizado na tarde de sexta-feira (22). Entre os prêmios estão passagens aéreas para evento de tecnologia em São Paulo e “incubadora”, espécie de laboratório para desenvolvimento de produtos, que desenvolverá e aperfeiçoará os projetos vencedores, durante três meses, na Confederação Nacional de Municípios. 

Perfis dos participantes 

Os participantes da maratona no “Desafio + Brasil” foram divididos em três perfis:

- Mentores: estão envolvidos na organização oficial do evento. Entendem de transferências públicas e atuarão como facilitadores no repassando conhecimento e orientando os participantes

- Anjos: são atores nas transferências de recursos e estão prontos para inovação no setor público. Esse perfil envolve profissionais de diversas áreas, como tecnologia da informação, área jurídica, controle interno e externo, prefeitos, parlamentares, secretários municipais, servidores que atuam na elaboração e execução de convênios, integrantes da CNM, Ministério da Economia e Serpro; e

- Maratonistas: são os interessados em fazer parte de transformações concretas no País, mas não necessariamente especialistas no assunto transferências de recursos. Fazem parte deste perfil profissionais e estudantes de tecnologia da informação, design gráfico ou administração, que queiram aprender sobre assunto, bem como  compartilhar os conhecimentos sobre suas áreas de atuação, criando soluções para os problemas apresentados.